Filie-se

VOZ PCERJ: Mensagem aos policiais civis

Sindpol RJ Comente 02.03.12 968 Vizualizações Imprimir Enviar
VOZ PCERJ: Mensagem aos policiais civis
Caros colegas, 
Estou muito satisfeita com a AGE do dia 15/02/2012. Pude perceber o quanto a categoria anseia por mudanças efetivas: novos conceitos, novos valores, uma nova cultura de relacionamento, enfim uma Nova Polícia Civil.
No início tive uma visão tacanha do que significava o CUMPRA-SE A LEI, achei que era apenas um instrumento de pressão contra o sistema, já que o lema é: A POLÍCIA QUE TEM O MAIS BAIXO SALÁRIO DO BRASIL. Mas, pude vislumbrar que pode ser muito mais do uma questão de legalização e vingança contra os delegados omissos e indiferentes à categoria.
Se continuarmos praticando o CUMPRA-SE A LEI estaremos consolidando UMA NOVA CULTURA de valores na Polícia Civil que nos trará reconhecimento e valorização primeiro pelos próprios policiais e depois conseqüentemente, pelos governos e pela sociedade.
Mas o que é mais importante é que estaremos tomando pra si a responsabilidade de resgatar o respeito e a dignidade policial dentro da nossa própria casa. Não seremos mais manipulados, chantageados e punidos por não aceitarmos determinadas ordens que muitas vezes, nem vem das autoridades. E com medo do que isso vai acarretar na nossa vida familiar e profissional, não reagimos.
Se hoje uma grande parte não adere a greve, agradeçam aos conchavos, negociações espúrias, discriminações e traições dos nossos próprios “colegas” que por interesses pessoais, dão manutenção ao sistema corrupto e à nossa omissão e conivência. Eles são predadores que buscam o dinheiro como o cupim busca a celulose como alimento e defendem o seu cupinzeiro como o cupim garante a vida da colônia e eles a manutenção do sistema corrupto.
Sabemos que esses elementos usam a carreira policial e a instituição Polícia Civil para se locupletar. Infelizmente, negociam a atividade policial às custas da desmoralização de homens e mulheres honrados, de caráter e fiéis à causa. Estamos amordaçados, ajoelhados e amarrados pelos pés e pelas mãos. LIBERTE-SE! VOCÊ É LIVRE!
Temos que entender que no início da criação da instituição Polícia Civil, os policiais eram indicados e assumiam o cargo para atender os interesses pessoais dos hierarquicamente superiores, mas agora O TEMPO É OUTRO! A autoridade policial pertence a todos nós policiais, sejam autoridades ou seus agentes, no cumprimento da lei e na manutenção da ordem.
Não quero mais ser confundida e ser daqueles que se envergonham de ser policiais, batendo panelas, xingando autoridades, fazendo vandalismo, causando desordem.
A nossa valorização tem que começar primeiro em casa, respeitando-nos uns aos outros e nos fazendo respeitar, não sendo mais coniventes com policiais equivocados que praticam todo tipo de desvio como se a prática do ilícito por policiais, fosse normal, deixando uma mensagem subliminar “Leve vantagem você também, otário”. Devemos aproveitar a oportunidade da suspensão da greve tendo como motivo a construção de uma NOVA POLÍCIA. Uma polícia forte consolidada em novos valores e novas atitudes.
Como foi dito na AGE por um colega que relembrou a frase dita por Lucio Flávio, e eu concordo, “BANDIDO É BANDIDO, POLÍCIA É POLÍCIA!”. Bandido fala daquilo que lhe é próprio: mentira, traição, ódio e violência. Polícia não pode ter a mesma representatividade dos bandidos. Jesus disse: “Seja seu dizer, sim, sim, não, não. Tudo que exceder a isso provém do maligno”.
Não podemos mais ser ameaçados por “colegas” que mudaram de lado e optaram pela prática criminosa ou continuaremos a ser manietados, amordaçados, atados à escravidão.
Que o SINDPOL entre nessa luta! Incluindo no CUMPRA-SE A LEI a construção de uma NOVA CULTURA de valores. Devemos exercitar a nossa LIBERDADE COM CONFIANÇA e resgatar a esperança de, gradativamente, ganharmos o respeito dos demais colegas para que amanhã possamos falar que vamos fazer uma GREVE e a categoria venha a aderir em massa e o governo fique realmente preocupado porque quem estará falando tem legitimidade representativa, legal e moral para fazê-lo.
Tenho certeza que vai valer a pena tomar uma decisão tão corajosa e diferente daquilo tudo que já vem deformando a nossa identidade há muito tempo. Não aceitar cumplicidade, comprometimento e ordens
ilegais. Nenhum tipo de assédio moral! Juntos seremos fortes.
PENSEM NISSO! A HORA É ESSA!
Lídia, Policial Civil do Rio de Janeiro.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Notícias

Posicionamento do Sindpol/RJ sobre a Lei Orgânica

Comente Sindpol RJ 27.11.21
Notícias

Atenção, recado importante!

Comente Sindpol RJ 25.10.21
Notícias

Sindpol/RJ em busca de plano de saúde para a categoria

Comente Sindpol RJ 14.10.21
Notícias

Sindpol Rj comemora 33 anos hoje

Comente Sindpol RJ 05.10.21
Notícias

União dos Sindicatos contra o pacote de maldades

Comente Sindpol RJ 05.10.21
© 2021 SINDPOL.