Filie-se

SINDPOL-RJ e COLPOL-RJ PARTICIPAM DO LANÇAMENTO DA “FRENTE RIO”, EM DEFESA DA APOSENTADORIA DOS SERVIDORES, CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Sindpol RJ Comente 29.01.18 925 Vizualizações Imprimir Enviar

O Sindpol-RJ e a Colpol-RJ integraram as entidades fundadoras da “FRENTE RIO”, que congrega dezenas de entidades, entre sindicatos, associações, centrais sindicais e movimentos da sociedade civil e de servidores, como o MUSPE, nas esferas municipal, estadual e federal, públicas e privadas, todos juntos contra a reforma da previdência.

A reunião de lançamento ocorreu no auditório do Sind-Justiça, no Centro do Rio de Janeiro, onde foram traçadas algumas estratégias preliminares para convencer os parlamentares da base fluminense no Congresso Nacional, contra a aprovação da PEC 287.

A proposta de reforma, enviada pelo presidente Michel Temer, do PMDB, com altos índices de impopularidade e deslegitimado por não ter sido eleito diretamente pelo voto popular para ocupar a chefia do executivo, representa o maior ataque aos direitos previdenciários do trabalhador brasileiro, em especial aos servidores públicos, criminosamente apontados como “bodes expiatórios” pela propaganda oficial, como se fossem detentores de privilégios e reponsáveis pelo rombo provocado nas contas do tesouro nacional.

Uma outra reforma é realmente necessária, mas que seja voltada para os verdadeiros privilegiados, representados pelas “castas” do serviço público, não para a base sofrida que presta serviços essenciais à população e faz a máquina estatal funcionar, principalmente na saúde, educação e segurança pública.

Que se ajuste à classe política, ocupada por milhares de parlamentares em todo o país, nas câmaras de vereadores, assembleias legislativas, câmara dos deputados e senado federal, bem como outros poderes, como o judiciário e o ministério público, cujos gordos contracheques de seus órgãos exibem diversos penduricalhos, extrapolando de forma legal, porém imoral para a realidade brasileira, os tetos remuneratórios previstos pela própria CRFB/88.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

© 2019 SINDPOLRJ.