Filie-se

RELATOS: De policial para uma mãe

Sindpol RJ Comente 13.05.22 34 Vizualizações Imprimir Enviar
Lembro que certa vez uma mãe chegou chorando na delegacia a procura do seu filho.
Ela forneceu o nome dele ao pesquisar no sistema, constatei que o mesmo havia sido preso e por coincidência ele estava na carceragem da Delegacia onde eu estava de plantão. Ao constatar, informei que o filho dela havia sido preso.
Com lágrimas nos olhos ela me pediu para ver o filho, por entender a situação de uma mãe, em caráter de exceção, conduzi ela à carceragem onde ela trocou algumas palavras com o filho.
Ao terminar a mãe me pediu desculpas pelos atos do filho e disse: “Não criei meu filho para isso”.
 
Policial Andrea

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

© 2022 SINDPOL.