Filie-se

POLICIAIS CIVIS NO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL

Sindpol RJ Comente 19.10.20 228 Vizualizações Imprimir Enviar

POLICIAIS CIVIS NO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL

Nesta segunda  (19) apresentamos mais um colega policial civil que está concorrendo a uma vaga de vereador na Câmara Municipal.

O objetivo é incentivar a categoria a votar em representantes Policiais Civis a fim de fortalecer a representação da classe no parlamento.

Confira abaixo a biografia do policial civil Leonardo Abreu Sepulcri, o Léo Sepulcri.

Leonardo Abreu Sepulcri é Inspetor da Policia Civil há mais de 17 anos e candidato a vereador no Município de Nova Friburgo com o n° 19999.

O policial tem 46 anos, nascido em Teresópolis, casado há 20 anos e pai de dois filhos, um de 9 anos e um de 3, reside em Nova Friburgo desde 1987 onde viveu momentos memoráveis nessa cidade.

Acompanhou de perto o que a falta de fiscalização e vontade política fizeram com Nova Friburgo quando da tragédia de 2011, ocasião em que teve a oportunidade de auxiliar, voluntariamente, na contagem de vítimas — muitas delas conhecidas ou entes queridos de amigos.

Desde 2016 lotado na DEAM, onde atendeu centenas de mulheres vítimas de agressão. Ao longo de sua  trajetória na Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, passou pela DRFC, 60ª DP, 110ª DP Teresópolis, 151ª DP Nova Friburgo, 156ª DP Santa Maria Madalena e 157ª DP Trajano de Moraes.

Léo Sepulcri está pleiteando um cargo de vereador pelo Município de Nova Friburgo, por entender ser urgente e necessária uma renovação no quadro legislativo. Pelo excelente trabalho da DEAM NOVA FRIBURGO, eleita a melhor do estado no ano de 2019, recebeu convites de amigos, já envolvidos na política friburguense, para participar das eleições como vereador devido ao seu comprometimento em fazer valer a lei.

Dessa forma, lançou sua candidatura ao legislativo para, junto à população, lutar por um Hospital Veterinário, um Centro Integrado de Segurança Pública – aproveitando a estrutura da Cidade Inteligente que já existe — e o Centro de Acolhimento às Vítimas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, entre outras propostas fundamentais.

PROPOSTAS:

Na área da saúde é notório o descaso com o Hospital Raul Sertã, hospital de referência na região. Seu pai, médico, trabalhou nesse hospital, o que lhe permitiu conhecer de perto os problemas que se arrastam há anos. Sua proposta é fiscalizar com rigor os processos de licitação, utilização de medicamentos e materiais, prestação de contas, etc, a fim de que a administração atenda, da melhor forma possível, tantos os usuários, quanto à legislação vigente. Nova Friburgo já tem o serviço de higiene bucal, que funciona como prevenção de doenças, sendo necessário o acompanhamento desse serviço essencial para que abranja a todos; lembrando que o melhor investimento na saúde é na prevenção.

Defende a criação de um Hospital Veterinário de modo a possibilitar os devidos cuidados aos animais de estimação da população carente e de animais abandonados, inclusive a castração e vacinação, pois essa também é uma questão de saúde pública. 

Na área de esportes,como atleta de handball do município nos anos 90, Léo sabe das dificuldades enfrentadas pela falta de patrocínio. Apesar da Lei Orgânica em seu artigo primeiro prever o fomento da prática esportiva na cidade, mas isso não ocorre na prática, sendo uma de suas propostas fiscalizar a correta aplicação das verbas destinadas ao esporte, um recurso que afasta nossas crianças e adolescentes das drogas.

Na educação, se compromete a acompanhar de perto todas as verbas destinas à pasta e exigir do executivo melhora constante nas nossas escolas. Fiscalizar a qualidade da merenda oferecida, do ambiente escolar, e ouvir os anseios de todos os servidores, principalmente no que diz respeito à valorização da classe.

Na área de Segurança Pública, tendo em vista a atuação como Policial Civil na DEAM NOVA FRIBURGO e conhecedor das necessidades da população, uma vez  nas ruas intimando, diligenciando, e atendendo na sede da Delegacia, propõe dois projetos para o tema: o Centro Integrado de Segurança Pública e o Centro de Acolhimento às Vítimas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher para acolhimento e segurança, evitando a vulnerabilidade de permanecer em um local de fácil acesso ao agressor.

O Centro Integrado de Segurança Pública é sua proposta desde o primeiro dia de campanha nas redes. O município conta com um prédio denominado “Cidade Inteligente”, porém o mesmo não funciona a contento. Por essa razão, Léo Sepulcri se dispôs a conhecer a estrutura do CISP – Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói – a fim de apresentar à população friburguense como funciona e todos os seus benefícios, uma vez que Niterói é considerada a cidade mais inteligente do estado e faz parte do rol dos 12 municípios mais inteligente do país.  

Ess é seu principal projeto, que contará contará com portais de cercamento eletrônico nas entradas e saídas da cidade, onde todos os veículos serão identificados. Havendo qualquer dado de furto, roubo ou envolvimento com alguma irregularidade, o CISP acionará imediatamente a polícia militar para a busca e apreensão do referido veículo.

O Centro Integrado de Segurança Pública também contará com diversas câmeras de trânsito. Qualquer irregularidade apontada, seja de velocidade ou descumprimento da legislação de trânsito — como estacionar em local proibido, avançar os sinais de trânsito e parar em cima da faixa de pedestres — o CISP atuará para que este cidadão receba sua devida notificação.

A principal função do CISP na área de trânsito é a mobilidade urbana. O trânsito é monitorado em tempo real. Qualquer engarrafamento ocasionado, seja por acidentes, seja por outra razão, terá sua solução imediata trazida pela Guarda Municipal.

O Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói possui mais de 400 câmeras de vigilância nas ruas e atualmente auxilia as polícias civil e militar ajudando na prevenção e na investigação de crimes ocorridos dentro do município.

O projeto do Centro Integrado de Segurança Pública de Nova Friburgo  integrará as polícias caso precisem, de modo que as imagens auxiliem o trabalho com eficacia, rapidez e inteligência.

UM POUCO SOBRE O CISP de NITERÓI — Como o próprio nome já diz é um centro de integração. Equipado com tecnologia de ponta, o CISP integrará todas as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil. O Centro conta com mais de 400 câmeras que monitoram toda a cidade 24 horas por dia, além de câmeras que possuem alcance de 360 graus instaladas em pontos estratégicos da cidade.

O CISP conta também com 80 botões de alerta que foram  instalados em locais de grande concentração como terminais rodoviários e barcas, escolas públicas, conjuntos habitacionais do Minha Casa Minha Vida, entre outros. Esses botões de alerta são atrelados a dispositivos de vídeo. Ao ser acionado por um agente treinado, o sinal entra no sistema e soa um alerta dentro o CISP, georreferenciando o local do fato e o que está ocorrendo.

O sistema do CISP possui ainda um aplicativo de celular em que os agentes contam com botão de alerta no telefone e poderão acionar o Centro. Após descobrir um fato de relevância, o guarda envia o pedido de socorro e, em quatro segundos, o alarme toca no CISP. Em seguida, o próprio celular do agente passa a enviar para a Central de Monitoramento imagens, em tempo real, da ocorrência em andamento.

Os Guardas municipais que  operam o CISP,  foram especialmente treinados para desempenhar esta função.

A mesa de operações da Central de Monitoramento também conta com agentes de Polícia Militar, NitTrans e Defesa Civil Municipal, esta última monitora os sensores meteorológicos da cidade.

Léo Sepulcri teve um bate papo muito produtivo com o vice prefeito e candidato pela prefeitura de Niterói, Axel Grael. Na ocasião, afirmou que após a inauguração do Cisp e o trabalho integrado, a criminalidade na cidade de Niterói caiu 73%.

A Guarda Civil Municipal terá o trabalho mais importante neste projeto, pois serão eles os nossos “olhos”. Todo o trabalho do Centro Integrado de Segurança Pública será feito por ela, que terá sua capacitação e consequentemente sua valorização à altura deste projeto.

A integração de todas as forças de segurança: municipal, estadual e federal é imprescindível para que este projeto ocorra, e Nova Friburgo seja considerada uma das cidades mais inteligentes do Brasil.

O CISP é uma ferramenta estratégica para as forças policiais atuarem. Com ele, podemos atuar na prevenção e na elucidação dos crimes. Apesar de o CISP ter sido estruturado para atuar na segurança pública, ele também  contribui muito para o trânsito e a conservação da cidade.

O CISP também possui um setor especializado: a Patrulha Ambiental. Visa atender ocorrências como incêndios, desmatamentos, acidentes com animais silvestres, entre outras ocorrências, tudo isso integrado com o Batalhão da Polícia Militar Ambiental local.

O CISP traz também o benefício ao policial de usar cada vez menos a força e mais ações de inteligência. Segurança para o policial e para a população.

O CISP de Nova Friburgo trabalhará integrado com o Sistema de Inteligência da Policia Civil do Estado que alimentará um banco de dados com todas as informações dos criminosos de nossa cidade, que terão reconhecimento facial dessas pessoas em conflito com a lei e seu imediato acionamento para que se proceda à prisão com segurança e inteligência, não colocando nossa fragilizada população em risco.

E é isso que quero para Nova Friburgo.

A cidade segura atrai investimentos, atrai turistas e melhora a qualidade de vida da população.

No Turismo, Nova Friburgo conta com uma das maiores belezas do estado: a natureza. O turismo ecológico precisa ser explorado com responsabilidade para que a cidade ganhe com isso. Temos montanhas, trilhas e cachoeiras que são pouco exploradas e a maioria dos eventos turísticos contam mais com a iniciativa privada, do que com o apoio da poder público. Sempre defenderei a promoção de eventos turísticos, pois o turista movimenta todo o comércio e rede hoteleira de nosso município.

 

Como fiel cumpridor das leis, fiscalizará o exercício do Poder Executivo, principalmente para que haja o cumprimento efetivo das legislações municipais.

 

Compromete-se a verificar todos os contratos de concessões da Prefeitura que prestam serviços à população, FAOL, Águas de Nova Friburgo e Energisa, pois sabe como a falta de fiscalização faz falta e como estes serviços são ruins, como por exemplo a taxa de esgoto e seu fornecimento, sendo certo que muitos friburguenses pagam por esta taxa e sem a contrapartida.

 

Nova Friburgo possui muitas leis. Caso a caso irá estudá-las, e se possível aperfeiçoá-las para o bem da coletividade. Será o interlocutor da população. Caso eleito, o mandato será participativo: a população trará seus problemas que serão  estudados, levados à plenário para que, se necessário, após discussão, seja levado ao Executivo.

 

Nova Friburgo perdeu muitas empresas nas últimas décadas e seu resgate se dará com segurança, investimentos e fomento ao turismo, possibilitando melhora na qualidade de vida, aplicação correta de recursos e, consequentemente, atração de novos investimentos e geração de empregos.

Bem estar é Segurança em primeiro Lugar!

É LÉO SEPULCRI  – N°19999!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

© 2020 SINDPOLRJ.