Filie-se

COBRAPOL entrega carta de compromisso a presidenciáveis. Aline Cavalcante esteve lá representando SINDPOL-RJ/COLPOL-RJ

Sindpol RJ Comente 05.10.18 58 Vizualizações Imprimir Enviar
Q2

Na quarta-feira, 03/10, a COBRAPOL (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis) entregou ao candidato à presidência, Ciro Gomes, uma carta de compromisso. O encontro aconteceu em São Paulo, na sede estadual do PDT.

O objetivo da carta de intenções é ter a segurança como uma das prioridades.

Com tal gesto, a COBRAPOL tem buscado apoio e comprometimento daqueles que entendem a importância dos policiais civis para o desenvolvimento do país.

Ciro Gomes foi então recebido pelo diretor da COBRAPOL, André Luiz Gutierrez e lideranças de outros Estados, como São Paulo, Minas Gerais, Espirito Santos, Paraná, Rio de Janeiro, Paraná, santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No encontro, que durou cerca de meia hora, o presidente da COBRAPOL entregou uma Carta de Compromisso (foto abaixo), que foi devidamente protocolada e recebida por Ciro. No documento, constam as principais reivindicações dos policiais civis de todo o Brasil, como o apoio à criação da Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil, adoção de Piso Salarial digno, manutenção da concessão das aposentadorias e criação de Fundo de Apoio Habitacional.

Além do presidente da COBRAPOL, André Luiz Gutierrez, marcaram presença no encontro com Ciro Gomes os seguintes dirigentes:  Emerson Ayres (presidente da FEIPOL-SUL);  Aparecido Lima de Carvalho (Kiko) (presidente da FEIPOL-SUDESTE); Sandro Quevedo (SINPOL-RS); Aline Cavalcante (SINDPOL-RJ e representante do BLOCO); Márcio Pino (presidente do SINPOL-SANTOS); Renato (SINPOL-SANTOS) e Rohanito N. Goes (SINCLAPOL-PR).

Em setembro, a COBRAPOL se reuniu também com o candidato Jair Bolsonaro para o mesmo motivo: entregar a carta de compromisso. Já com o candidato Fernando Haddad, a COBRAPOL tentou mas não consegui agenda disponível para o encontro.

Q1 Q2 Q3 Q4 Q5 Q6

 

Sindpol RJ

  • contato@sindpolrj.com.br

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

© 2018 SINDPOLRJ.